Inimputabilidade

Fazendo apostasDias atrás, em decisão inédita, a justiça de São Paulo condenou a Igreja Universal a devolver a um fiel arrependido o valor corrigido de uma doação feita à igreja em 1999.

Embora discordando dos métodos da IURD, tb discordo dessa decisão da justiça.

Particularmente, acho difícil comprar essa história de que quem entra na IURD e bota seu dinheiro lá é sempre um coitadinho que não sabe o que está fazendo.

Mesmo admitindo que a estupidez humana é capaz de superar todos as expectativas e algumas pessoas possam cometer sandices em pleno gozo de todas as faculdades mentais, eu pergunto: alguém costuma ver desses coitadinhos rasgando dinheiro? Jogando dinheiro pela janela? Ou mesmo dando dinheiro mole para qualquer mendicante que apareça com boa lábia pedindo pela rua?
Ao contrário. Muita dessa gente que em nome de Deus aplica seus fundo na IURD, ou em outras, não dá um tostão pra gente realmente necessitada, mesmo que pedindo pelamor de Deus.

A verdade é que as pessoas fazem isso porque querem apostar em Deus. Fazem isso porque são atraídos por sua própria concupiscência. E as pessoas que acham ruim se não tiverem o esperado “retorno do investimento” são exatamente aquelas que estavam pouco se lixando para Deus quando deram o dinheiro.
Deus não é um fundo de investimento, igreja não é Bolsa de Valores.
Portanto, cabe a todos assumirem seus riscos e responsabilidades.

Então, não dá para engolir tão fácil esse lance de que “eu não sabia o que estava fazendo”. Deu, assume.

Mas, sempre aparecerá alguém que dirá que essas pessoas realmente acreditavam, na sua ignorância, que Deus esperava isso delas.

Nesse caso o assunto adquire outra cara. Se torna uma questão espiritual e de fé.
Mas, se o negócio é com Deus mesmo, o mesmo Deus descrito na Bíblia, devemos nos valer da Bíblia para observar que, segundo ela, esse Deus guarda e preserva aqueles com um coração sincero. E também honra aquele que busca o Deus certo, mesmo por vias tortas.

Como diz o profeta Isaías:
“Tu, SENHOR, conservarás em perfeita paz aquele cujo propósito é firme; porque ele confia em ti.” Isaías 26:3

Ou ainda:

“A vereda do justo é plana; tu, que és justo, aplanas a vereda do justo.” Isaías 26:7

Veja também:

  • Deus seja louvadoDeus seja louvado Como teísta e cristão que sou, particularmente vejo o dinheiro um objeto sujo demais para ostentar o nome de Deus e não ficaria […]
  • A Bíblia e seus heróisA Bíblia e seus heróis Podemos dizer muitas coisas sobre a Bíblia, menos que ela é tendenciosa. Caso contrário o que certamente não haveria na Bíblia […]
  • Se Deus não existe…Se Deus não existe… Se Deus não existe... Então, qual a diferença entre algumas crianças, alguns coelhos de laboratório, ou alguns mosquitos da dengue?

Comentários

Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...

Deixe uma resposta