Medalha

pegada sujaO ano de 2008 terminava com a expectativa que Muntazer Al Zaidi, o jornalista que ficou famoso por tacar o tamanco em Bush Jr., fosse a julgamento. Bom, antes que o ano efetivamente findasse o julgamento foi adiado e o desfecho do caso, pelo jeito está longe.

Eu, por minha vez comecei o ano com uma tremenda vontade de confessar que Al Zaidi merecia, sim, era uma medalha.

Não pelo motivo que gerou comemorações no Oriente Médio, não por ele jogar o sapato no futuro ex-presidente mas por uma outra causa, essa sim muito mais nobre, a meu ver.

Al Zaidi, na sua condição de jornalista, com seu gesto mostrou ao mundo todo como os representantes da mídia não são seres sobrenaturais desvencilhados de interesses e opiniões pessoais, com óbvios reflexos em seu trabalho profissional. Afinal de contas, é natural concluir que alguém capaz de jogar um sapato em um desafeto, poderia muito bem enfatizar ou omitir determinados fatos para sustentar uma imagem ou opinião de sua preferência.

Al Zaidi, assim, prestou na minha opinião um serviço de interesse público de valor inestimável.

Veja também:

  • O Cônsul falouO Cônsul falou O cônsul do Haiti, em um momento de evidente pressão, e sem saber que estava sendo gravado falou mais do que gostaria de […]
  • Informação “sob medida”Informação “sob medida” O livro "O filtro invisível", de Eli Pariser, aborda um outro lado importante da distribuição seletiva da informação na […]
  • Heróis e vilõesHeróis e vilões Bons tempos aqueles quando um herói injustiçado, ao final do filme, dava a volta por cima com um surpreendente golpe de mestre, […]
  • A imagem dos jogos, o jogo das imagensA imagem dos jogos, o jogo das imagens Entre críticas e elogios, a abertura dos jogos olímpicos de Londres acabou passando, com bastante propriedade, a mensagem a que, […]

Comentários

Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...

Deixe uma resposta