Charles “Chuck” Colson

Um exemplo de como alguém pode mudar de vida e se regenerar, mesmo sendo um político.

Morreu neste sábado, 21 de abril, Charles Colson, aos 80 anos por complicações após uma hemorragia cerebral.
Colson foi assessor especial do ex-presidente americano Richard Nixon e preso após confessar seu envolvimento no caso Watergate, acusado de obstrução da justiça.

Após cumprir sete meses de prisão, e uma experiência de conversão espiritual, Colson engajou-se na criação da Prison Fellowship Ministries, uma organização voltada a proporcionar aos presidiários meios de reintegração com a família e a sociedade através dos princípios do evangelho de Jesus Cristo.

A organização, que se mantém até hoje, se desdobrou em outras iniciativas, como a Angel Tree, voltada para o suporte aos filhos de presidiários e a InnerChange Freedom Initiative, um programa de reintrodução dos sentenciados na sociedade através da capacitação educacional, vocacional e espiritual, visando a diminuição dos índices de reincidência.

Sua autobiografia, “Born Again”, publicada em 1976, vendeu milhões de cópias e em 1993, Colson conquistou o prêmio Templeton.

“Onde está a esperança?
Nossa esperança está no poder de Deus trabalhando através dos corações das pessoas”
Charles Colson, 1931-2012

Veja também:

  • Deus seja louvadoDeus seja louvado Como teísta e cristão que sou, particularmente vejo o dinheiro um objeto sujo demais para ostentar o nome de Deus e não ficaria […]
  • 1 minuto pra Bin Laden1 minuto pra Bin Laden Afinal, ou Osama é um filho de Deus como qualquer outro e merece 1 minuto de silêncio, ou então Osama e, quem sabe, Hitler e […]
  • ExemploExemplo Lembrasse o presidente que ele cumpre apenas um cargo público, investido temporariamente da autoridade que o povo a ele […]
  • Cotas para os feiosCotas para os feios Um professor da Universidade do Texas em Austin propôe políticas de inclusão para os feios. Segundo o artigo publicado no New […]

Comentários

Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...

Deixe uma resposta